John Grisham

Recomendação de Leitura: Livros de John Grisham

Recomendação de Leitura: Obras de John Grisham

 

Elaborei esta postagem com o intuito de divulgar e recomendar a leitura dos livros do escritor americano John Grisham, do qual admiro muito seu trabalho.

Para quem não conhece o escritor, John Grisham é ex-político e advogado aposentado, nascido em Jonesboro, Arkansas, E.U.A., em 8 de fevereiro de 1955. É o sexto escritor mais lido nos Estados Unidos da América, segundo a Publishers Weekly.

John Grisham  desenvolveu cedo o habito pela leitura, incentivado por sua mãe.

Escolheu o Direito como área de atuação, tornando-se advogado especializado em defesa criminal e processos por danos físicos. Escrevia nas horas em que o seu trabalho lhe permitia, e logo publicou seu primeiro livro, Tempo de Matar, em 1989, livro que devido ao grande sucesso ganhou uma adaptação para o cinema em 1996, dirigida por Joel Schumacher.

Outros livros seus também foram adaptados para as telonas como “A Firma”, “O Cliente”, “O Júri”, “O Dossiê Pelicano”, “O Homem que fazia chover”, entre outros. Alguns até foram adaptados para séries de TV como “A Firma” em 2012 e “O Cliente” em 1995.

Os livros de John Grisham geralmente abordam temas polêmicos como racismo, o domínio das grandes empresas no mercado e na sociedade e envolvem valores universais como o perdão, a amizade, a determinação e o sucesso. Normalmente as obras do escritor tratam de assuntos relacionados ao universo jurídico, como resolução de conflitos judiciais, testamentos, júris, mas alguns livros como ” Calico Joe” (obra que terminei de ler recentemente) não entram no mundo jurídico. Este livro em particular trata de outra paixão do escritor, o beisebol, um esporte muito popular nos E.U.A., assim como de questões de relacionamento e perdão.

Atualmente estou terminando de ler “Sycamore Row”, livro que é a sequência do primeiro livro de J. Grisham, “Tempo de Matar”. No Brasil, por enquanto apenas foi lançada a versão original em inglês, sendo que ainda não há previsão para a versão traduzida para o português ser lançada no país. A obra aborda um testamento escrito cuja maior parte da herança (que não é pouca)  é deixada para uma humilde doméstica que cuidou do falecido. A questão do livro gira em torno do porquê que tal herança foi passada para esta pessoa. O advogado que cuidará do testamento é o mesmo que esteve presente em “Tempo de Matar”, ou seja, Jake Brigance, que ficou conhecido por sua atuação no primeiro livro.

Além disso, as obras de Grisham possuem linguajar de fácil compreensão, não utilizando de linguagem técnica (juridiquês), o que facilita muito a leitura por pessoas que não atuam no Direito.

Com certeza, para os estudantes de Direito, profissionais da área e todos aquelas que gostam de livros de ficção que abordam assuntos relacionados ao Direito, vale a pena conhecer o trabalho deste grande escritor.

O texto acima é de autoria do editor e responsável pelo blog Âmbito Legal. Algumas informações foram extraídas de: http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Grisham

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s